7 dicas para aumentar a fertilidade natural através de uma alimentação saudável!


compartilhe esse post.

aumentar a fertilidade natural através de uma alimentação

Nutrição e Fertilidade – Clínica Mater Prime

 

Para as mulheres que desejam engravidar, especialistas em reprodução humana aconselham as mulheres a manter o seu peso ideal e seguir uma dieta de estilo mediterrânea para aumentar as chances naturais de ter um bebê.

 

Especialistas em infertilidade apresentaram sua pesquisa relacionada à nutrição e fertilidade no congresso da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, durante essa última semana em Boston (EUA).

 

Devido a esse trabalho, a nutricionista da Loyola University, Brooke Schantz, publicou uma matéria oferecendo dicas essenciais de dieta para aumentar as chances de ter um bebê.

 

"O estabelecimento de um padrão de alimentação saudável e de peso é um bom primeiro passo para as mulheres que desejam engravidar", disse ela. "Não só uma dieta e estilo de vida saudáveis, potencialmente, ajudarão com a fertilidade natural, mas também podem influenciar o bem-estar do feto e reduzir o risco de complicações durante a gravidez."

 

Segundo a Associação Nacional de Infertilidade nos EUA, 30% das causas de infertilidade estão associados a um distúrbio nutricional (excesso ou falta de peso). Reduzir o peso extra, mesmo que apenas em 5% pode aumentar a fertilidade, dizem os especialistas.

 

Para as mulheres que querem engravidar, Schantz recomenda o seguinte:

 

– Reduzir a ingestão de alimentos com gorduras trans e saturadas;
– Aumentar a ingestão de gorduras monoinsaturadas, tais como abacate e azeite de oliva;
– Diminuir a ingestão de proteína animal e aumentar a ingestão de proteína vegetal;
– Adicionar mais fibras à sua dieta através do consumo de cereais integrais, legumes e frutas;
– Incorporar fontes mais vegetarianas de ferro, tais como legumes, tofu, nozes, sementes, grãos inteiros;
– Consuma laticínios ricos em gordura, em vez de laticínios de baixo teor de gordura. Um estudo da Universidade de Harvard mostrou que mulheres que consumiam mais de duas porções diárias de alimentos lácteos com baixo teor de gordura estavam 85% mais propensas a serem inférteis devido a distúrbios ovulatórios do que aquelas que só consumiam alimentos lácteos com baixo teor de gordura menos do que uma vez por semana.
– Realize uma suplementação multivitamínica.

 

Os homens também não ficam de fora da equação. "Os homens que desejam engravidar suas parceiras também têm a responsabilidade de manter um peso corporal saudável e consumir uma dieta equilibrada, porque a obesidade masculina pode afetar a fertilidade por alterar os níveis de testosterona e outros hormônios", disse Schantz.

 

Aproximadamente 40% dos problemas de infertilidade são atribuídos aos homens, segundo a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva.

 

Fonte: http://www.nydailynews.com/life-style/health



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI