Como detectar o aborto de repetição?


compartilhe esse post.

Aborto Gestacional

O aborto de repetição é um problema de fertilidade que acomete cerca de 0,5% dos casais. O problema caracteriza-se por 3 ou mais abortos espontâneos consecutivos antes da 20ª semana de gestação. Diversos fatores podem estar relacionados com o aborto de repetição e alguns casos podem se beneficiar de tratamentos de reprodução assistida em uma clínica de reprodução humana.

Diversos tipos de problemas podem causar o aborto de repetição, como causas físicas, hormonais, genéticas e infecciosas. Cada caso deve ser estudado e analisado por um profissional para que ele determine a causa da infertilidade e o tratamento mais adequado para o casal.

Principais causas do aborto de repetição

Entre as principais causas do aborto de repetição, a maioria diz respeito a alterações genéticas que inviabilizam o crescimento e desenvolvimento do feto. Quando a mulher tem mais de 35 anos essa possibilidade aumenta junto com o risco de aborto espontâneo.

·        Causas uterinas

Quando a mulher apresenta alterações na cavidade uterina a fixação do embrião pode ficar comprometida e o mesmo pode não se desenvolver, impedindo o avanço da gestação. Entram nessa questão miomas, pólipos e processos inflamatórios.

·        Causas imunológicas

Após a concepção o feto passa a fazer parte da constituição do corpo feminino, assim como um órgão transplantado. O problema é que algumas vezes o organismo da mãe rejeita a gravidez através de seu sistema imunológico, ocasionando o aborto.

·        Causas hematológicas

Também conhecida com trombofilias, são causados por problemas de coagulação do sangue e podem levar à falta de desenvolvimento ou morte fetal.

·        Causas hormonais e infecciosas

Desequilíbrios hormonais e infecções como toxoplasmose também podem levar ao aborto espontâneo, mas geralmente não causam o aborto de repetição.

·        Hábitos de vida

O consumo de tabaco, álcool, cafeína em excesso e outras drogas também está relacionado ao aborto, assim como o sobrepeso e obesidade.

Em qualquer situação de desconfiança sobre a fertilidade ou abortos sucessivos o casal deve buscar ajuda profissional e iniciar o tratamento indicado. Entre outras coisas a serem consideradas, o médico avaliará em qual período gestacional ocorreram os abortos e através da análise clínica e de exames específicos poderá determinar a causa da infertilidade em um centro de reprodução humana.

Imagem: Shutterstock.



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI