Fertilização in vitro: Saiba como ocorre esse procedimento


compartilhe esse post.

Saiba como ocorre Fertilização in vitro

A fertilização in vitro ou FIV é um dos procedimentos e tratamentos que são realizados em casos onde foi encontrada a infertilidade. Em geral, é indicado a homens com alterações discretas ou importantes do sêmen, vasectomizados, falhas em outros tratamentos, para mulheres com problemas nas tubas uterinas e, principalmente, a casais que pretendem optar por um tratamento com maior chance de assertividade nos resultados. Esse processo acontece por etapas e é realizado através da estimulação ovariana por meio de medicamentos injetáveis.

É preciso que o casal passe por avaliação de uma clínica de reprodução humana para que haja a realização de exames complementares para identificar quais são as causas da infertilidade, bem como, de fatores que poderão interferir no resultado da fertilização. Vale lembrar que o procedimento possui diferentes modos para ser realizado seja com óvulos e espermatozoides próprios do casal e até mesmo de doadores ou embriões doados.

Além disso, é preciso ressaltar que esse é o tratamento mais complexo e também o que oferece maior índice de sucesso em relação às demais técnicas de reprodução assistida. Para conhecer e entender melhor sobre esse processo, confira a seguir como acontece e quais são as etapas da fertilização.

Saiba como é feito o passo a passo do tratamento

O ciclo da fertilização costuma levar aproximadamente duas semanas, sendo que é realizado o acompanhamento médico, a avaliação periódica do crescimento dos folículos através do ultrassom, a coleta de óvulos, avaliação e preparo de sêmen, transferência de embriões e por fim, a avaliação hormonal.

Para entender melhor, conheça a seguir os três passos principais para a realização da FIV:

  1. Monitoramento e estimulação ovariana: É utilizado medicamentos hormonais para interromper o funcionamento natural dos ovários e em seguida a estimulação é realizada com hormônios para que assim vários folículos entrem em crescimento para que aumente o número de óvulos para fecundação.
  2. Captação de óvulos e espermatozoides: Os óvulos e espermatozoides disponíveis serão obtidos e classificados por maturidade e qualidade, sendo apenas os maduros apropriados para o procedimento.
  3. Transferência de embriões ao útero: A transferência ocorre entre três a cinco dias após a fertilização in vitro. Não é necessária anestesia, nem estar em jejum. O médico posiciona um tubo fino dentro do útero, por meio do orifício externo do colo uterino, assim a seringa empurra o fluido do tubo para o útero para que aconteça a fertilização. O processo é guiado por ultrassom, portanto é preciso estar com a bexiga cheia.

Após conhecer as etapas, o ideal é que você busque a clínica de reprodução humana em caso de dúvidas e para mais informações. Assim, o seu problema deve ser resolvido e o casal poderá alcançar o sonho de ter um bebê.

 



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI