Conheça doenças que causam infertilidade masculina


compartilhe esse post.

Doenças que causam infertilidade masculina

A infertilidade masculina pode acontecer por muitos fatores, por isso, o homem que notar que está com dificuldades em engravidar sua esposa, precisa ir em busca de uma clínica de reprodução humana para que os médicos especialistas realizem exames e encontrem onde está o problema. No entanto, é preciso destacar que embora existam doenças que causam infertilidade, por meio de tratamentos é possível reparar essa situação e realizar procedimentos que aumentem a chance de gravidez e tornem o sonho dos pais realidade.

Saiba quais são as principais doenças que afetam os homens

Entre as doenças, as que se destacam e são responsáveis por uma boa parte dos problemas estão a varicocele, a criptorquidia e até mesmo infecções. Conheça mais informações sobre cada uma delas a seguir:

  • Varicocele: Trata-se de uma dilatação e tortuosidade das veias que fazem a drenagem do sangue dos testículos. Essa doença é a principal causa da infertilidade masculina, já que com essa alteração há aumento da temperatura dos testículos e com isso, maior dificuldade de eliminar substâncias tóxicas, prejudicando na formação de espermatozoides. O tratamento é cirúrgico.
  • Criptorquidia: É uma doença presente desde o nascimento, ou seja, congênita, que caracteriza-se pela descida incompleta dos testículos ao escroto, podendo ficar na região abdominal ou no canal inguinal. A correção pode ser feita através de cirurgia desde criança, no entanto, a criptorquidia diminui a concentração dos espermatozoides e pode levar até a ausência deles no sêmen.
  • Infecções:Certas infecções genitais comprometem o sistema reprodutor do homem. As principais bactérias são a clamídia e o gonococo (causador da gonorreia), que podem alterar a produção de espermatozoides, dificultando o processo de fecundação.

Outros fatores masculinos que prejudicam os homens

Existem outros fatores que também podem ocasionar a infertilidade masculina, tais como, causas genéticas, que consiste em alteração do número ou estrutura dos cromossomos; hormonais, que consiste no uso de anabolizantes e causa a azoospermia, além de hábitos e traumas, que estão relacionados ao tabagismo, sedentarismo, obesidade e trauma de acidentes ou procedimentos cirúrgicos,

Todos esses fatores masculinos citados acima, causamalteração seminal e perda de qualidade do sêmen. Sendo assim, é fundamental que o homem ou o casal, busque uma clínica especializada para saber qual técnica de reprodução humana poderá ser utilizada para solucionar o problema.

 

 



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI