Fator Tubário


compartilhe esse post.

Entre as mulheres que possuem problemas de infertilidade, o fator tubário é responsável por 30% a 40% dos casos. Diversas doenças e cirurgias podem danificar as tubas uterinas (trompas) e impossibilitar a gestação natural.

Através de alguns exames complementares, podemos determinar se há obstrução, aderência ou outros fatores externos que danificam as tubas. Os principais exames realizados são:

  • Histerossalpingografia – que analisa a formação uterina e tubária através de raios-x sequenciais após injeção de contraste pelo colo uterino
  • Cromotubagem por laparoscopia – que analisa a passagem do contraste através das trompas uterinas, com visualização direta da passagem do contraste através da videolaparoscopia. A injeção de contraste ocorre através do colo uterino.

Causas da infertilidade

As principais causas de danos às tubas ocorrem devido a processos inflamatórios que podem decorrer de doenças ginecológicas, cirurgias ou infecções. Com o problema, a tuba apresenta obstruções que impedem o encontro do espermatozoide com o óvulo.

  • A doença inflamatória pélvica ocorre pela infecção de bactérias que são transmitidas sexualmente, tais como a clamídia e o gonococo. Muitas vezes essas infecções são assintomáticas e ocorrem alterações nas tubas, prejudicando seu adequado funcionamento.
  • Além das bactérias, a endometriose e a tuberculose também podem causar alterações nas tubas, assim como aderências pós-cirúrgicas, que criam obstruções.

Importância das tubas

As tubas uterinas são fundamentais para a reprodução natural, já que o encontro do óvulo com os espermatozoides e a fertilização ocorrem nelas. Portanto, se as tubas uterinas estiverem danificadas, o encontro dos espermatozoides com o óvulo não ocorre.

Nos casos em que a fertilização ocorre mesmo com danos nas tubas, muitas vezes a mesma não apresenta capacidade de “empurrar” o embrião gerado para dentro do útero. Nessas ocasiões, pode ocorre a gestação ectópica, que é inviável e muitas vezes traz a necessidade de tratamento cirúrgico de urgência para preservar a saúde e a vitalidade da mulher.

Caso haja suspeita de alterações nas tubas uterinas ou qualquer outro fator que impeça a gestação natural, procure a ajuda de um especialista, que pode determinar as causas da infertilidade e o melhor tratamento para cada caso.

 



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI