Inseminação artificial: Entenda como funciona o tratamento


compartilhe esse post.

Como funciona o tratamento de Inseminação artificial

Conhecida também como inseminação intrauterina (IIU), a inseminação artificial é um tratamento de reprodução assistida que consiste em colocar o sêmen do marido ou doador dentro da cavidade uterina. Em comparação com as outras, esta é uma técnica simples e pode ser realizada no próprio consultório, sendo indicada a alguns casos de infertilidade do casal.

Em geral, a inseminação é indicada para mulheres com distúrbios de ovulação ou que não ovulam corretamente, muitas vezes causada pelos ovários policísticos; quando a presença de muco espesso (fator cervical), como também, para homens que possuem sêmen levemente alterados.

Existem condições mínimas para que o tratamento seja realizado, entre elas ter a cavidade uterina normal, obter ao menos um ovário funcionante e uma trompa uterina normal e saudável. Já o homem, deve possuir ao menos 5 milhões de espermatozoides móveis progressivos para cada ml de sêmen.

Conheça o passo a passo da inseminação artificial

Para que o processo aconteça, é preciso preparar o sêmen para a realização da técnica de reprodução assistida. O tratamento é iniciado no começo do ciclo menstrual, sendo que a partir do segundo dia, a mulher começa a aplicar um hormônio (o FSH) que irá agir para recrutar folículos dos ovários e estimular o crescimento deles contendo óvulos em seu interior.

Em seguida, é realizada uma sequência de ações, saiba mais informações abaixo:

  • Indução da Ovulação: A mulher deve aplicar as doses diariamente por aproximadamente 9 a 10 dias. Sendo que durante esse período, exames de ultrassons são realizados a cada dois ou três dias para acompanhar o crescimento dos folículos.
  • Monitoramento: Quando o médico detectar que os folículos atingiram 18mm, é aplicado o segundo hormônio para promover o amadurecimento do óvulo e a ovulação após cerca de 36 horas de sua aplicação.
  • Coleta e preparação do sêmen:Por volta de duas horas antes da ovulação, o homem faz a coleta do sêmen através da masturbação, sendo levado ao laboratório para que sejam escolhidos os espermatozoides mais preparados e bem formados. Em seguida, o sêmen é preparado e depositado no interior do útero no momento da ovulação, por meio de um fino cateter.

É importante lembrar que o procedimento é indolor e acontece por volta de 30 minutos. Depois desse tempo, a mulher poderá seguir com suas atividades habituais. Vale ressaltar que a inseminação artificial apresenta taxa de sucesso entre 25 a 35%, dependendo da idade e de cada caso específico.



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI