Para que serve a contagem de folículos antrais na FIV?


compartilhe esse post.

A contagem de folículos antrais é uma das formas de avaliar a reserva ovariana de mulheres em idade reprodutiva. Através desse exame podemos classificar a reserva ovariana em três grupos distintos: Baixa reserva ovariana; reserva ovariana normal; e alta reserva ovariana. Além disso, conseguimos predizer as taxas de sucesso dos tratamentos de Reprodução Assistida, como a FIV – Fertilização In Vitro, por exemplo.

De acordo com dados fornecidos pelo CDC (Centers for Disease Control and Prevention) americano, cerca de 50% das pacientes que buscam por um tratamento de reprodução assistida possuem 36 anos ou mais. Considerando que a mulher já nasce com uma quantidade de óvulos pré-estabelecida e que esse número vai diminuindo gradativamente ao longo da vida reprodutiva, acelerando após os 35 anos, é possível entender o aumento de diagnósticos de baixa reserva ovariana ou falência ovariana precoce (FOP), sendo esses alguns dos principais fatores de infertilidade feminina.

contagem de foliculos na fiv

O que é a contagem de folículos antrais (CFA)?

A técnica de análise de reserva ovariana utilizando a contagem de folículos antrais (CFA) consiste em um procedimento realizado por meio de ultrassonografia transvaginal, por um especialista em reprodução humana, aproximadamente, entre o 2ª e o 5ª dia de fluxo menstrual da paciente.

Durante o exame são analisados todos os folículos encontrados nos dois ovários. Todos os folículos medindo entre 2 e 10 mm de diâmetro médio são contabilizados. A partir da soma é possível classificar a reserva ovariana. Se a conta resultar um número menor ou igual a 8, indica uma baixa reserva ovariana e, consequentemente, um baixo potencial fértil.

Esse resultado auxilia o especialista na orientação quanto ao melhor tratamento de reprodução humana para a paciente, de acordo com os reais interesses dela. Caso ela só tenha a intenção de engravidar futuramente, é possível optar pelo congelamento dos óvulos, por exemplo. Contudo, se a paciente já esteja buscando um tratamento para gravidez, a CFA auxiliará o profissional com a escolha do melhor tratamento.

Como a contagem de folículos antrais influencia a FIV?

Um baixo resultado da contagem (inferior ou igual a 8) indica que a paciente possivelmente não obterá um grande número de óvulos após o estimulo ovariano em tratamentos de fertilização in vitro. Dito isso, estratégias para maximizar o número de óvulos coletados através de protocolos de estimulo ovariano individualizados podem ser sugeridos. Além disso, a realização de tratamentos com banco de óvulos ou banco de embriões antes da transferência dos mesmos para dentro do útero, pode auxiliar os casais a obter taxas adequadas de gravidez, otimizando os custos com o tratamento de fertilização in vitro.

Já se o número indicado for alto (maior do que 10), a contagem de folículos antrais também é fundamental para o tratamento de reprodução humana, pois dará base às doses de injeções hormonais que precisarão ser administradas para a indução da super-ovulação da paciente.

Agende sua consultaPortanto, se uma mulher estiver considerando analisar o potencial reprodutivo dela, é indicado que converse com um especialista em reprodução humana sobre a CFA, visto que é uma técnica importante para analisar a reserva ovariana, serve como marcador prognóstico de resultado de  estimulo ovariano durante a FIV e, auxilia com a determinação da melhor dosagem de hormônio para o estímulo ovariano (tratamento individualizado).



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI