Quando procurar uma clínica de reprodução assistida?


compartilhe esse post.

clinica reprodução assistida

Diversos casais possuem dificuldade para engravidar e desejam buscar ajuda especializada em uma clínica de reprodução assistida. Um casal pode ser considerado infértil após 12 meses de tentativas de gestação com relações sexuais frequentes sem utilizar métodos contraceptivos. Caso a mulher tenha mais de 35 anos, esse período diminui para 6 meses.

Segundo estudos da Organização Mundial da Saúde, cerca de 60 milhões de casais no mundo apresentam algum problema de fertilidade. Para ter certeza do quadro clínico e buscar um tratamento adequado, o casal deve procurar uma clínica de fertilização e realizar diversos exames, afim de constatar qual é o problema que impede a gestação natural.

Homem ou mulher infértil?

Entre os casais inférteis, cerca de 30% apresentam o problema apenas na mulher, 30% apenas no homem e em 30% dos casos, os dois apresentam algum fator de infertilidade. Os 10% restantes representam casos de infertilidade sem causa aparente, em que não há diagnóstico mesmo após ampla investigação médica.

Apenas exames específicos e avaliação do histórico clínico dos pacientes podem determinar a causa da infertilidade, tanto em homens quanto em mulheres. Assim, convém buscar ajuda especializada quando não há sucesso nas tentativas de gestação. Com o diagnóstico correto o médico consegue determinar o melhor tratamento para que o casal realize o sonho de ter um filho.

Tratamentos mais comuns

Quando a infertilidade é detectada e sua causa descoberta, o médico especialista pode indicar o tratamento mais adequado para o casal. As técnicas mais comuns utilizadas em uma clínica de reprodução assistida são:

  • Coito programado – estipula os dias nos quais o casal possui maiores chances de obter sucesso na concepção caso tenha relações sexuais, além de aumentar as chances com leves induções hormonais na mulher;
  • Inseminação artificial – consiste em depositar o sêmen masculino na cavidade uterina, aumentando as chances dos espermatozoides encontrarem o óvulo;
  • Fertilização in vitro – manipula em laboratório os gametas e implanta na mulher o óvulo já fecundado. É o tratamento que possui maior chance de resultado positivo.

Em alguns casos, pode ser necessário utilizar um programa de doação de sêmen ou óvulos. Assim é possível contar com o altruísmo de outras pessoas e gerar um filho, mesmo em casos de infertilidade.



Redes Sociais

Confira as novidades da Mater Prime nas nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos.


© 2015 - Desenvolvido por WSI